Animecenter elege sua dupla para a etapa Brasil do WCS 2007

Marcelo Batista de Andrade, de 30 anos, e Thaís Fonseca Jussim, de 25, provaram no dia 4 de fevereiro, durante o Animecenter, no Rio de Janeiro, que imprevistos acontecem e podem ser contornados. O plano do casal era interpretar Inu-Yasha e Sesshoumaru, da série Inu-Yasha, de Rumiko Takahashi, porém as fantasias não ficaram prontas a tempo para as eliminatórias.

A dupla reviveu Cloud e Sephiroth, mesmo coplay do ano anterior. “Nós já estávamos acostumados com os personagens de Final Fantasy VII, pois participamos do Video Games Live e interpretamos os inimigos várias vezes. Além disso, o Cloud é o meu personagem preferido”, revela Marcelo, analista de informática. Agora, faltam 10 duplas serem escolhidas para a final da Etapa Brasil.

Thaís e Marcelo começaram a carreira de cosplayers há seis anos com os personagens Chocolate e Carrot, de Bakuretsu Hunters. Marcelo conta que o casal sempre procura interpretar protagonistas juntamente com seus antagonistas, como por exemplo Sephiroth e Cloud; Inu-Yasha e Sesshoumaru. Com essa estratégia, os competidores pretendem cativar o público e o júri no dia 6 de junho e participar da grande final do WCS no Japão. “Quero conhecer os cosplayers de outras partes do mundo e me aprofundar na cultura japonesa”, diz Thaís. “Ir ao Japão é um grande presente, mas antes de tudo quero mesmo é poder representar o Brasil lá fora”, diz Marcelo.

Para a próxima eliminatória, Thaís será Kain e Marcelo, Abel de Trinity Blood. Eles planejam essa apresentação desde o final da competição do ano passado, na qual ficaram em segundo lugar. Thaís é webdesigner e mantém um site dedicado aos seus cosplays (www.yukicosplay.com), com muitos fãs.

Curiosidades
Thaís geralmente é confundida com um homem ao se vestir de Sephiroth. “Quando estou de cosplay de Final Fantasy muitos homens chegam me cumprimentando assim: ‘e aí cara?’, e as meninas me abraçam entusiasmadas. Então eles percebem que eu sou mulher e ficam sem graça”, conta. Marcelo já usou os trajes de Seiya de Pégasus, da série Cavaleiros dos Zodíaco “Na vez que fui Seiya, uma criança me parou e me abraçou. Era o herói dela”, diz.

Reportagem: Maíra Lie Chao


Thaís como Sephirot


Marcelo como Cloud

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: