Japão prepara coletânea de gênios do anime

Está programada para julho a estréia da primeira parte de um dos projetos mais ambiciosos da história da animação japonesa, a Genious Party

Eiko Tanaka e Mahiro Maeda, autoridades do anime, falam sobre a produção e conceito da ambiciosa produção que estréia em julho

Dentro do Tokyo Anime Fair 2007, um grupo de profissionais, jornalistas e fãs se espremiam para assistir à coletiva de dois dos maiores nomes do mercado de animação japonesa. A produtora Eiko Tanaka (Akira, Meu Vizinho Totoro) e o diretor Mahiro Maeda (Animatrix) anunciaram o lançamento do primeiro bloco da super-produção “Genius Party”, obra ligada ao STUDIO4℃ (”Studio Yondo-shii”), que recentemente lançou “Tekkon kinkreet” (2006), dirigido pelo americano Michael Arias, instantaneamente considerado um clássico do animê mundial.

Trata-se de uma coletânea de curtas-metragens dirigidas pelos melhores e mais conceituados profissionais da animação japonesa, com uma participação especial do francês Nicola de Crecy. Para se ter uma idéia, apenas no primeiro bloco da Genius Party – com lançamento previsto para 7 de julho – estarão juntas as obras de Shinichiro Watanabe (Cowboy Bebop, Macross, Animatrix), Atsuko Fukushima (Akira, Cobra) e Shinji Kimura (Steam Boy, Tekkon kinkreet), entre outros.


“Shanghai Dragon” de Shoji Kawamori. Primeira parte de Genius Party terá com sete produções e estréiam no Japão em 7 de Julho de 2007

Tanaka disse: “apostamos no anime como um dos tesouros mais preciosos do Japão”, e que não tem o menor receio de batizar a produção como uma “festa de gênios”. Segundo ela, no início, os próprios diretores foram contra esse título, com medo que soasse pretencioso demais. Mas com a confiança de quem já fez parte das maiores produções da história da animação japonesa, afirmou que “o nome serve também para pressioná-los a produzirem algo que corresponda à expectativa que se cria em torno de algo tão grandioso”.

Mais contido, Mahiro Maeda, que participa do segundo bloco da Genius Party, contou sua experiência de produzir – em parceria com os irmãos Wachowski – dois episódios do elogiadíssimo “The Animatrix” (2003), e de como este foi um momento crucial para que os profissionais japoneses ganhassem confiança para apresentar seu trabalho ao mundo. “Apesar de já termos feito pequenos trabalhos em outros países, não era algo comum receber convite de um estúdio do porte da Warner Brothers, percebemos que era uma grande chance, e acho que soubemos capitalizar isso de uma maneira muito positiva”.

Uma coisa é inegável, os japoneses nunca estiveram tão confiantes em seu trabalho, e a “Genius Party” pode ser considerada uma fotografia deste momento mágico do anime, que tem o apoio inabalável de milhões de fãs do mundo todo.

Veja mais em www.genius-party.jp/

Reportagem: Pablo Yuba, Tokyo

Fonte: Henshin

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: