Guerreiros de Athena disputam a final da etapa JBC Brasil do WCS

Eles concorreram com sete duplas no Animecon especialmente dedicado ao WCS

Neste domingo, 15 de abril, outra dupla se juntou às demais classificadas para a final da etapa brasileira do maior concurso de cosplay do mundo, o World Cosplay Summit (WCS). A eliminatória, que aconteceu durante o evento Animecon WCS, em São Paulo, passou para a próxima fase Gabriel Niemietz Braz, de 25 anos, e Kátia Lima da Costa, de 15 anos. A dupla interpretou, respectivamente, Dohko de Libra – o Mestre Ancião – e Shiryu de Dragão, da série Os Cavaleiros dos Zodíaco – Saga de Hades.

Gabriel trabalha com figurinos e cenários teatrais há 10 anos, há quatro é cosplay e há três “fabrica” fantasias. “Minha especialidade são armaduras: Os Cavaleiros dos Zodíaco, Guerreiras Mágicas de Rayearth, Fullmetal Alchemist, entre outros”, diz. Em média, cada armadura demora três a quatro meses para ficar pronta. As de Gabriel e Kátia, por outro lado, foram confeccionadas em um mês e meio para apresentarem uma performance diferente no Animecon WCS. Para dar mais veracidade ao cosplay, a roupa de Libra é revestida por uma folha de ouro.

Caroline RozendoGabriel usou a fantasia de Mestre Ancião por cima da de cavaleiro de LibraCriatividade e efeitos visuais valorizaram a performance da dupla. Segundo Kan Ishigami, juiz e representante da Editora JBC, “as armaduras estavam impecáveis, o que chamou muito a atenção. Além disso, a apresentação foi original, desde o momento da transformação do mestre de Shiryu até o instante do Cólera do Dragão”, elogia. Neste momento, Kátia evocou o golpe do cavaleiro e o ilustrou balançando um dragão de pano. O palco também foi invadido por chuva de papel picado brilhante.

Ela conta que “ficar de olhos fechados, sem saber o que se passava no palco, e ter que cuidar da parte técnica enquanto o Gabriel lançava os golpes foram as duas coisas mais complicadas de se fazer”. Gabriel também analisa as dificuldades enfrentadas pela dupla: “estava preocupado com a transformação do mestre. A armadura tinha suas limitações, principalmente na hora de eu ficar de joelhos”.

Caroline RozendoCosplayers comemoram vitóriaPara pronunciar as falas em japonês, o segredo foi treino e mais treino. “Nem o Gabriel nem eu sabemos japonês. Eu assisti à cena várias vezes transcrevendo apenas as pronúncias”, diz Kátia.
Apesar da dificuldade e dos detalhes da cena, a dupla ainda ressalta “Os Cavaleiros dos Zodíaco marcou nossa infância, queríamos começar por algo de que gostamos”.

Eles planejam repetir a apresentação na grande final – com alguns retoques na armadura -, embora não tenham descartado a possibilidade de voltar com Fullmetal Alchemist “um dos cosplays que eu mais gostei de fazer foi a de Alphonse Elric. Já tenho a armadura”, revela Gabriel.

Eles prometem lutar pela vaga de representantes do Brasil na grande final japonesa em agosto. Estar no arquipélago, conhecer as grandes cidades como Tokyo e Osaka. Ver, ao vivo e em cores os cenários de filmes e quadrinhos japoneses, karaokê… Além de ganhar notoriedade e reconhecimento no mundo do cosplay, tudo isso faz parte dos sonhos de Gabriel e Kátia.

Gabriel como Dohko de Libra e Kátia como Shiryu de Dragão. Veja galeria de fotos

Gabriel usou a fantasia de Mestre Ancião por cima da de cavaleiro de Libra

Cosplayers comemoram vitória

Fonte Henshin

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: