O futuro do nosso planeta!

Dia da Terra – Construindo um mundo melhor!

“Todos os dias, para todos nós” – é o principal lema do “Dia da Terra”, uma referência para que todos os terráqueos continuem sempre se preocupando com os cuidados com o planeta.

Criado em 1970 pelo senador americano Gaylord Nelson, a data comemorativa passou sempre a ser realizada no meio da primavera (para os americanos), no dia 22 de abril, e a reunir milhões de pessoas ao redor do mundo em uma só preocupação: o meio-ambiente.

Neste ano, uma das milhares de atividades voluntárias foi a participação de 70 países na limpeza do lixo de suas praias e recifes de coral.

Preocupação e Conscientização

Mas é realmente necessário se preocupar tanto com o meio-ambiente? A resposta desta pergunta é, sem dúvida, sim.

Muitos dizem que o processo conhecido como ‘Efeito Estufa’, ou mesmo a diminuição da vida na Terra é um ‘processo natural’. Mas isso não seria somente um desencargo de consciência? Não teria a humanidade uma gigantesca parcela de culpa neste processo?

Somente nos últimos cinqüenta anos, a quantidade de gás carbônico emitido na atmosfera terrestre aumentou vertiginosamente. A quantidade de água doce derramada nos oceanos pelo derretimento das calotas polares já é alarmante – e pode matar a maior parte das algas que são o verdadeiro ‘pulmão do mundo’.

E isso é somente uma pequena amostra. Seria tão importante começar a se preocupar?

A Terra está morrendo, Juna.’

Até mesmo o universo dos animês concorda que essa preocupação já é essencial. Criado em 2001 por Shoji Kawamori e exibido pela TV Tokyo (e aqui no Brasil pelo canal pago Animax), “Earth Girl Arjuna” (ou “Chikyuu Shojo Arjuna”) conta a história de uma garota – Juna -, que vê, depois de um acidente com seu amigo Tokio, o sofrimento e o grito por ajuda do nosso planeta Terra. A garota também passa a incorporar um enorme poder sobre-humano – que ela acredita ter sido dado pelo próprio mundo.

Ao mesmo tempo, Juna passa a ver estranhas entidades – os Raaja -, criaturas avermelhadas e parecidas com vermes, e acredita que são elas as responsáveis pela lenta morte do nosso planeta. Com o passar dos episódios, Juna conhece outras pessoas que querem ajudá-la a salvar a Terra, como Chris – um pequeno garoto também com poderes sobre-humanos. Chris lhe diz que matar os Raaja é um erro, e que eles não são a verdadeira causa de todos os problemas.

Vagarosamente, então, nos 13 episódios da série, Juna passa a aprender sobre as verdadeiras causas da destruição: a poluição descontrolada, a falta de consciência, as plantações comerciais em exagero, a falta de cuidado com as crianças e bebês, entre muitas outras. Seria o grande vilão da história o ser humano, que destrói a própria casa onde reside?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: