Lovely Complex

Como todos sabem, no Japão são publicados anualmente dezenas de novos títulos de mangá, para não dizer centenas. A maioria destes mangás nunca chega a ganhar uma versão anime, ou live action e, mesmo aqueles que ganham tudo o que tem direito, fazendo um relativo sucesso na terra do sol nascente, sequer chegam a ser publicados em outros países. Desta maioria, contudo, alguns poucos ganham popularidade mundial através da internet, podendo, posteriormente, serem até mesmo publicados em outros países, dependendo da fama que atingem.

Para a estréia dessa coluna, resolvi escolher um destes mangás pouco conhecidos no resto do mundo, principalmente aqui no Brasil, mas cujo sucesso tem aumentado no Japão, desde que ganhou versão live action em 2006 e um anime nesta temporada de primavera japonesa, que tem se saído bastante bem, além de começar a fazer sucesso na internet: Lovely Complex.

Lovely Complex: Splash Page do MangáLoveCom (ou Rabu-Con), como também é conhecido, é um mangá de autoria de Nakahara Aya, e foi publicado na revista Margaret entre Setembro de 2001 e Dezembro de 2006, quando foi finalizado, totalizando 16 volumes tankobons publicados pela editora Shueisha, sendo licenciado pela editora Viz, nos Estados Unidos. Além disso, na revista Betsuma foram publicados recentemente 3 capítulos chamados LovelyCom Plus, que dedica seus capítulos ao passado dos personagens principais e ao dia em que se conheceram.

Mas vamos ao que interessa: Koizumi Risa é uma estudante do 1o colegial que tem complexos por ser alta demais para uma garota japonesa, tendo 1,70m de altura aos 15 anos de idade, e chegando a 1,74m no decorrer da trama. De outro lado, temos seu colega Otani Atsushi. Este, como é de imaginar, também tem complexos com sua altura, mas no seu caso é por ser baixo demais para um garoto de 15 anos, contando apenas 1,56m, e chegando a 1,59m com o passar do tempo.

Otani Atsushi e Koizumi Risa: os protagonistas.

Seus próprios nomes já servem de motivo de piada e fonte de alimentação de seus complexos, uma vez que Koizumi significa “Pequena Fonte” e Otani significa “Grande Vale“. Os próprios protagonistas chegam a dizer que seus nomes estariam mais de acordo se fossem Oizumi e Kotani (“Grande Fonte” e “Pequeno Vale”, respectivamente).

All Hanshin-Kyoujin: a dupla de comediantes, sempre brigando.Além dos complexos com as respectivas alturas, embora por motivos opostos, Otani e Koizumi possuem muitas outras coisas em comum, divertindo-se com as mesmas coisas, achando graça nas mesmas piadas, por mais idiotas que sejam, pedindo as mesmas bebidas/comidas, personalidades explosivas e extrovertidas, e até dividem uma obsessão por uma banda de rap, de gosto duvidoso, chamada Umibozu. Apesar disso, passam boa parte de seu tempo brigando feito cão e gato e trocando insultos, o que os torna o centro das atenções na escola, e motivo de risos para seus colegas não só pela diferença de altura.

Aliás, cabe comentar que são chamados na escola, inclusive por seus professores, de A.L.L. Hanshin Kyojin, uma dupla de comediantes japoneses, sendo que Hanshin significa “Halfling“, mitológico e pequenino ser, muito conhecido dos jogadores de RPG, e Kyojin significa “Gigante“. Para toda a escola, ambos são vistos como um casal que ainda não se deu conta de que, querendo ou não, já são um casal, que foram feitos um pro outro, apesar da diferença de altura.

A amizade entre Koizumi e Otani passa a se intensificar quando Otani se apaixona por Chiharu, uma das melhores amigas de Koizumi, e esta, por sua vez, se apaixona por um aluno novo, Suzuki. Ambos, então, entram em acordo para tentar ajudar-se mutuamente na conquista de seus amados. Como era de se esperar, os planos falham, Chiharu e Suzuki acabam namorando um ao outro, mas, a partir de então, o relacionamento entre os protagonistas se torna cada vez mais próximo, até que Koizumi, já no 2o colegial, descobre-se apaixonada por Otani, ponto a partir de onde a história começa a tomar novos e divertidos rumos.

Destaque, ainda, para os personagens coadjuvantes, principalmente para o casal Nakao-kun e Nobu-chan, respectivamente melhores amigos de Otani e Koizumi, bem como um dos casais de namorados mais legais já vistos num mangá.

All Hanshin-Kyoujin 2: a dupla de comediantes, sempre brigando.A história, que embora pareça boba mostra-se viciante, segue acompanhando os personagens durante todo o ensino médio. Será possível um romance entre um menino e uma menina com alturas tão diferentes? Será que Otani é capaz de ver Koizumi como uma garota?

Essas respostas vocês encontrarão lendo o mangá, que pode ser baixado em inglês, até o capítulo 21 no momento, no site StopTazmo. Requer cadastro para download, mas é gratuito e seus dados não são divulgados.

O Live-Action

Com o sucesso do mangá, foi lançado nos cinemas japoneses, em 15 de Julho de 2006, o filme de Lovely Complex. Com atores de carne e osso, claro, o filme foi um grande sucesso, embora resuma bastante o mangá até o capítulo 20, e tenha um final feito especialmente para o filme, uma vez que quando de sua gravação e lançamento o mangá ainda não havia terminado. O filme é bastante divertido, e os atores que interpretam os personagens são muito carismáticos (meninas de plantão: o Otani-Kun do filme é tão fofo e bonito quanto o do mangá e do anime, um verdadeiro colírio e sonho de consumo): Ema Fujisawa como Koizumi Risa e Teppei Koike como Otani Atsushi.

Site Oficial do Live Action Movie. O filme pode ser baixado via torrent, com legendas em inglês. Basta uma busca rápida por sites como Tokyo Toshokan. Se houver bastante gente interessada, esta colunista que vos fala se compromete a traduzir as legendas para nosso lindo idioma. Além disso, também recomendo uma visita ao site oficial do filme – Lovely Complex Movie Site.

O Anime

A versão anime estreou na TV japonesa em 07 de abril de 2007, vem sendo transmitida todos os sábados e segue o mangá fielmente capítulo a capítulo. O próximo episódio a ser transmitido na TV japonesa será o episódio 10, neste próximo sábado.

Os atores que interpretam os protagonistas possuem um sotaque meio estranho (supostamente era para ser o sotaque da região de Kansai), e a dubladora de Koizumi (Akemi Okamura, estreante total) grita demais, irritando o espectador, às vezes, e fazendo a personagem parecer completamente histérica. O dublador de Otani (Akira Nagata, estreante na dublagem pra TV, tendo já gravado um Drama CD baseado em um jogo) na questão sotaque também não se sai muito melhor, mas sua voz é agradável e reserva seus gritos para os momentos realmente necessários.

Site Oficial do Anime.

Vale a pena também uma visita ao site oficial, ainda que esteja em japonês: há muito o que ver.

O anime também pode ser facilmente encontrado em sites de torrents, ou no meu site favorito para acompanhar as séries que estão passando atualmente no Japão, o FansubTV.

Fonte: Anime Forces

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: