Akira Toriyama levanta fundos para as vítimas

Depois de desenhar uma ilustração para alegrar o povo japonês. Akira Toriyama criou um vídeo no YouTube para arrecadar fundos para as vítimas do terremoto e tsunami do Japão. O vídeo de Akira Toriyama foi postado em Japonês e em uma versão em Inglês. Os comentários feitos em inglês pelos telespectadores sobre o vídeo, serão selecionados e traduzidos em japonês para as vítimas do desastre.

Segundo Akira, todo o dinheiro arrecadado com a exibição do vídeo será doado para as vítimas. Para ajudar basta assistir ao vídeo abaixo e ajudar na divulgação do mesmo.

O “Genkidama”, traduzido como “bomba de espirito” é uma esfera de energia criado por coleta o Ki em torno de formas de vida. É considerado um dos mais poderosa técnica de Goku.

Uma resposta para Akira Toriyama levanta fundos para as vítimas

  1. Sou um grande fã de Dragon Ball. O que mais rola em Dragon Ball é ação e pancadaria em alto estilo. Só que o que mais me irrita é o fato de que os animes parecem estar sendo banidos do nosso país por causa da censura manipuladora, aliada da P$&&@ que é a Rede Globo(foi a Globo que incentivou a prática de banir animes), tanto é que o Gloob(novo canal da GloboM#&%@) só exibe programação infantil e alguns programas chatos. Por esta razão eu odeio a Globo. Companheiros otakus fãs de DBZ, Naruto e outros animes, parem de brigar por causa dessa discussão besta sobre qual é o melhor anime, isso não leva a lugar nenhum, unam-se contra a mídia Illuminati que está oprimindo vocês e seus direitos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: