Go GO Speed Racer!

17/02/2007

Filmagens de Speed Racer começam em maio

Speed Racer
O filme Speed Racer, baseado na série animada criada por Tatsuo Yoshida, em 1967, será rodado na Alemanha, nos estúdios Babelsberg, a partir de maio.

A história original fala sobre um jovem, filho de um famoso projetista de carros de corrida, que se torna um dos melhores pilotos do mundo a bordo do superequipado Mach 5, ao lado do misterioso Corredor X.

Speedy Racer terá roteiro e direção dos irmãos Larry e Andy Wachowski, os mesmos de Matrix. A estréia nos EUA está prevista para 23 de maio de 2008.


PROPOSTA QUER BANIR MANGÁS QUE MOSTREM SEXO COM MENORES

13/02/2007

Instituição japonesa quer acabar com histórias em quadrinhos que mostrem garotinhas fazendo sexo

Uma das mais polêmicas vertentes do mangá japonês, o Lolicon, que mostra personagens com menos de 13 anos fazendo sexo e muitas vezes sendo estupradas, pode acabar. A liberal legislação japonesa pode mudar caso uma proposta feita por uma instituição de proteção à criança – e que conta com o apoio de órgãos da polícia metropolitana de Tóquio – seja aprovada pelo congresso.

A nova lei proposta quer banir permanentemente ou limitar de forma drástica a venda de mangá do gênero lolicon. Entre outras coisas, a lei propõe selos e avisos em mangás que contenham esse tipo de conteúdo e a proibição da venda de material pela internet.

Caso a lei seja aprovada, não só o Lolicon seria afetado, como também o shotacon, o equivalente com personagens masculinos.


Cantora Avril Lavigne vira personagem de história em quadrinhos

13/02/2007

O punk pop encontra o mangá: a cantora canadense Avril Lavigne seguiu os passos de Courtney Love e virou personagem de quadrinhos. A estréia da musa adolescente será em “Make 5 wishes”, uma publicação em inglês inspirada nos gibis japoneses.

A história narra a saga de uma garota tímida que encontra um demônio capaz de realizar desejos. Mas as coisas não saem como o esperado e Avril Lavigne é quem acaba atacando de heroína para ajudar a garota em apuros. O gibi deve ser lançado em abril, pouco depois do lançamento do novo álbum da cantora, “The best damn thing”.

A viúva de Kurt Cobain serviu de inspiração para a protagonista de “Princess Ai”, lançado recentemente no Brasil pela Conrad.


Samuel L. Jackson vira samurai negro em animê milionário

13/02/2007

Estreou neste mês na TV americana um dos mais ambiciosos animês já realizados. Estrelado e produzido pelo ator Samuel L. Jackson, de “Pulp fiction”, cada um dos cinco episódios de “Afro Samurai” custou US$ 1 milhão. A série é idealizada por um ex-executivo da MTV, Eric Calderon, e levou 15 anos para sair do papel.

Veja um trailer de “Afro Samurai”

Baseado no mangá de luxo criado por Takashi Okazaki, o desenho mostra a história do segundo Afro Samurai (na voz de Jackson). Logo no começo da trama, seu pai é morto pelo vilão Justice, dublado por Ron Pearlman, o ator principal de “Hellboy”. Com a morte do primeiro Afro Samurai, Justice se torna o lutador número 1 do mundo.

Órfão, Afro Samurai é acolhido pela bela Okiku (Kelly Hu, de “X-men 2”) e cresce em uma escola secreta onde se torna uma mestre na luta com espadas. Seu objetivo é matar Justice para se vingar da morte de seu pai.

Caladão, Afro ganha a companhia do galhofeiro Ninja Ninja – também dublado por Samuel L. Jackson – que faz de tudo para fugir das lutas e não pára de falar. Politicamente incorretíssimo, o animê mostra os personagens fumando a todo momento um cigarrinho suspeito e falando numa linguagem típica do gueto.

O investimento de US$ 1 milhão por episódio fica evidente pela qualidade dos desenhos, acima dos animês voltados para o público infantil. Ambientado em um estiloso Japão “feudal-futurístico”, com um visual à la Todd McFarlane (“Spawn”), ainda conta com a trilha sonora de RZA (pronuncia-se “Riza”), MC do Wu Tang Clan.


Animê criado por brasileiro será exibido na Austrália, Espanha e Alemanha

13/02/2007

O bom momento da animação nacional nos cinemas está se expandindo para a TV. A série de livros infantis “Princesas do mar”, de Fábio Yabu, vai ser transformada em desenho animado pelo estúdio espanhol Neptuno Films. Graças a um acordo com os espanhóis e o estúdio australiano Southern Star, serão produzidos 52 episódios de 11 minutos cada. Os desenhos, que seguem o estilo dos animês japoneses, serão exibidos na Espanha, Austrália e Alemanha, mas outros países devem entrar na lista.

“Princesas do mar” é protagonizada pelas princesas Polvina, Éster e Isa – e outras várias princesas coadjuvantes, todas na idade escolar. Cada uma delas tem relação com um animal marinho. Polvina, como o nome diz, é a princesa dos polvos. Dois livros já foram lançados por Yabu, que escreveu e desenhou as histórias: “Princesas do mar” e “Uma sombra na água”.

“As histórias tratam de comportamento, ecologia e aventura”, explica Yabu. O primeiro episódio mostrará o primeiro dia na escola das princesas. Elas também terão de salvar uma baleia perdida. Apesar da produção estar na mão dos espanhóis, o storyboard e o roteiro serão feitos por Fábio, que ainda dará a palavra final sobre qualquer alteração nos diálogos.

Além do desenho das “Princesas”, em breve Yabu vai produzir aqui mesmo no Brasil outro desenho, ainda não revelado. “Será para um público ainda mais jovem, em idade pré-escolar.” Ele quer negociar com TVs brasileiras e vê boas chances de tanto suas “Princesas” como o novo projeto emplacarem por aqui. “O Brasil está descobrindo a animação.”


Anime de maior sucesso nos EUA estréia no Brasil

13/02/2007

Naruto, um ninja de cabelos à Bart Simpson que gosta de macarrão, é o mais novo anime a estrear na tv brasileira. No ar desde o dia 1º de janeiro canal por assinatura Cartoon Network, o desenho já tinha comunidades e sites de fãs antes mesmo de chegar ao Brasil.

A explicação para tudo isso é fácil. Da mesma forma que “Pokémon”, o desenho animado japonês “Naruto” virou sucesso absoluto. Primeiro veio o mangá, em 1999, logo depois acompanhado da versão anime, e agora acaba de sair um videogame para o PlayStation 2.

O mangá que deu origem a tudo foi primeiramente publicado em novembro de 1999 pela Shonen Jump, uma das maiores publicações do gênero no Japão. Criado por Masashi Kishimoto, logo se tornou o segundo mangá mais popular do país, atrás apenas de “One piece”. Nos Estados Unidos é o título mais vendido da Viz Media, editora especializada em mangá.

O anime veio em 2002 e não ficou atrás. O sucesso foi tanto que todo verão no Japão, época de férias escolares, um filme da série é lançado. Já são três e o quarto está em produção. O canal Jetix transmite o desenho nos EUA.


Naruto e sua turma.

A história de Uzumaki Naruto parece mitologia. Antes de nascer, sua terra natal, a Vila da Folha, foi atacada por um poderoso demônio que só foi aprisionado graças ao sacrifício do ninja mais forte da vila. O problema é que o demônio foi aprisionado no corpo de um recém-nascido: Naruto. Com medo dele, todos se afastam à medida que ele vai crescendo. Órfão e sozinho, seu objetivo é ser um grande ninja.

Hoje distribuído em 18 países, “Naruto” já está pulando do anime para os videogames, com versões para PS2 e Nintendo Wii. “Pokémon” se tornou o segundo game mais vendido da história, só atrás de Mario. O que espera por “Naruto”?


“Naruto” estreou em janeiro no Cartoon Network.
Série é sucesso no Japão e nos Estados unidos.

Mangá é o mais vendido dos EUA.

Naruto

Segunda a quinta, 22h30

Cartoon Network


Anime japonês irá se tornar filme com atores reais

13/02/2007

O famoso anime japonês “Ghost in the Shell” (ou “Fantasma do Futuro”, como é conhecido no Brasil) irá ganhar uma versão live-action de Hollywood. De acordo com a Anime News Network, a Production I.G, produtora do criador da série Mamoru Oshii, já está em negociações com estúdios americanos para realizar a adaptação utilizando atores reais.

O filme deverá ser baseado na animação de grande sucesso, do ano 1995, que por sua vez foi uma adaptação dos quadrinhos originais. A história se passa no ano de 2029, quando uma policial ciborgue tenta combater o perigoso “Puppet Master”, um criminoso da Internet.

Depois do sucesso do primeiro longa, a saga tornou-se uma franquia, já que em 2004 foram lançados a continuação “The Innocence” e o seriado de TV “Stand Alone Complex”, que durou de 2002 a 2005. No ano passado, foi lançado o terceiro longa-metragem, intitulado “Stand Alone Complex Solid State”.

Espera-se que a disputa entre os estúdios seja grande, já que o número de fãs da saga continua a crescer em todo o mundo.